5 de março de 2011

Má Drogadas

O vazio da noite entrelaçado com brilho da manhã, torna o vazio encantador e subjetivamente preenche mentes. Entre sonhos e pensamentos. Choros e sentimentos. 
Se torna o auge do tempo, sendo o horário mais fascinante das vinte e quatro horas que dizem ter em um dia. A inspiração toma conta. Seja lá como for... A criatividade é isolada e particular por si só.
Roubando sonos e sonhos, essas horas tomam conta e nos deixam levar.
O eco das ruas, a neblina e o vento. O frio é exalado e o coração é fixado de acordo com os sentidos. 
Criando uma razão inexistente. Mantendo-se de pé por algum motivo crescente. Faço-me companhia junto com as drogas alternativas e anseiam os desejos juntamente com o barulho dos pontos do relógio.
As luzes se apagam e eu me entrego ao prazer de fechar os olhos e permanecer inteiramente viva. Pois amanhã, outra madrugada me espera. 
São nas madrugadas drogadas, que as melhores coisas acontecem.


Nathalia
iniciando o carnaval em grande estilo 'madrugadense'.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. "A criatividade é isolada e particular por si só"

    como se ela fosse um ser vivo, independente.

    ResponderExcluir
  3. adorei *-*
    aninhasouto.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela opinião!